ISTO É DESCANSE EM PAZ

- Gravado e mixado em 24 horas no estúdio Vice-Versa, em 12 de maio de 1986, no dia do aniversário do Spaguetti, novo baterista da banda. O disco completou 24 anos e é o pontapé inicial da fase crossover do Ratos de Porão;

- Álbum luxuoso em capa dupla, foram feitas três prensagens em vinil pela Baratos Afins, totalizando 8 mil cópias;

- A versão em CD foi lançada em 1994 com seis bônus tracks gravados ao vivo no Napalm, em 1983. Os bônus foram selecionados pelo próprio Gordo. Foram feitas três tiragens totalizando 3 mil cópias;

- Há um erro na lombada do CD que poucas pessoas conseguem perceber: está grafado “Denscanse em Paz”;

- Os caracteres “Descanse em Paz” do LP foram feitos na técnica do corta e cola (paste-up) por Valdir, ex-funcionário da Baratos Afins, utilizando como base a palavra Ratos de Porão do disco anterior;

- A foto de capa é de uma mulher que foi morta a pauladas por ter roubado galinhas em Belford Roxo, no Rio de Janeiro. Originalmente foi publicada no extinto jornal carioca Agora, uma espécie mais gore do Notícias Populares paulistano;

- Originalmente a banda pensou em uma ilustração para a capa, que teria ficado à cargo do artista franco-brasileiro Alain Voss, que publicava trabalhos na revista Heavy Metal e havia feito capa de discos para os Mutantes;

- A última faixa do LP, “Zona”, foi gravada com o tape invertido;

- Rui Mendes fez a foto interna do álbum cuja locação é o túnel de passagem da estação de trem da Lapa. A imagem foi refeita em 2000 pelo fotógrafo Marcelo Ribeiro para o “Sistemados Pelo Crucifa”, regravação comemorativa dos 20 anos do “Crucificados Pelo Sistema”. Além da homenagem visual o disco traz duas faixas regravadas do DEP, Cérebros Atômicos e Paranoia Nuclear;

- A banda não tocava mais a música “Descanse em Paz” desde a época de lançamento do disco, cerca de dois ou três anos atrás. Fazem parte do repertório atual também as faixas Velhos Decréptus e Paranóia Nuclear.

- O selo português Fast’N’Loud reeditou o CD em 1996 com os mesmos bônus e deu um cambau na Baratos Afins e na banda, segundo Luiz Calanca. Enviaram como recompensa discos de punk português, ó pá!

- O selo espanhol Tralla Records reeditou o LP em vinil vermelho em 2001;

- O selo italiano FOAD Records prepara reedição especial do LP em capa dupla, com vinil de 180 gramas preto e algumas cópias coloridas, novos bônus tracks e fotos inéditas.

- Tanto o CD quanto o LP original (em final de estoque) ainda podem ser encontrados na Baratos Afins.

This entry was posted in Matérias. Bookmark the permalink.

9 Responses to ISTO É DESCANSE EM PAZ

  1. Alexandre Sosznianin says:

    Impressionante a quantidade de detalhes que tem para a história, foto inédita e exclusiva, excelente a matéria!!!!!

  2. Cara, ainda me lembro do “tumulto” que foi o lançamento deste álbum! A partir daí, os “idiotas de plantão” começaram a taxar os membros do R.D.P. de “traidores do movimento punk” e promover um “boicote” contra a banda…
    Claro que o Gordo & Cia “cagaram e andaram” para eles e que – muito felizmente – direcionaram seu som para o puta CROSSOVER que os tornou conhecidos mundialmente (de tão boa qualidade aliás, que nunca deixou nada a desejar para os grupos de fora)!
    Assim sendo, a aproximação da banda para com a cena METAL não foi apenas uma conseqüência natural, mas a decisão mais acertada a ser tomada e, por conta disso, os então fãs de música rápida e pesada (entre os quais feliz e orgulhosamente me incluo) foram brindados com a crescente participação do Ratos em vários festivais tais como o “World’s Thrash Festival” (promovido pela “Heavy Metal Maniac”, atual Hellion Records) e os shows no saudoso “Teatro Mambembe”! Puta época de OURO essa!

  3. Pedro Poney says:

    animal, tô doido pra ler a matéria completa!!!

  4. Marcio says:

    Sei lá se foi coincidência, mas uma vez há uns três anos atrás num show do RDP, falei assim para o Boka: “Porra pq vcs não tocam sons do Descanse em Paz?”, ele respondeu “Verdade… sinceramente não sei, vou falar com os caras”…Para surpresa minha no outro show q trombei os caras eles tocaram Descanse em Paz e eu pirei e agradeci ao Boka, “até q enfim..rs…”. Esse disco mudou minha vida, ouvi em 86 muleke de tudo, foi foda e continua sendo um dos meus preferidos do Ratos até hj!

  5. Juarez "JOW" Theodoro says:

    Marcelo & Equipe;

    Parabéns pelo Trabalho. Excelente matéria.

  6. Pícaro says:

    Marcelo, vou querer umas cópias do zine pra distribuir pelo midwest aqui!! O Brasil precisava de um zine assim. Se eu puder ajudar pelo menos espalhando ou de outra forma.. to ae!
    Abraço

  7. Flávio says:

    Ae Marcelo, finalmente saiu o bagulho!!!
    Já tá disponível o impresso? Amanhã passo aí na loja.

    Meu, guarda um pra mim pelamordedeus!!!!

  8. Caraio mano! Parabéns pa caraio(!!!) Marcelo!
    O Brasil precisava sim duma publicação como esta!!!!
    Você é foda véio!

  9. Thales Padilha says:

    Ola Amigo gostaria de saber como faço para obter o zine e ser contato aqui em MAceió alagoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>